Agência do Canadá espera ataques de hackers ativistas nas eleições de 2019

OTTAWA/TORONTO (Reuters) - A agência de espionagem eletrônica do Canadá disse nesta sexta-feira que era "muito provável" que hackers tentassem influenciar as eleições canadenses de 2019 e planeja aconselhar os partidos políticos na próxima semana sobre como se proteger contra ameaças digitais.

A CSE disse que não detectou nenhuma tentativa de interferência de Estados em eleições do país, mas viu riscos de hackers ativistas.

A agência disse que as eleições de 2015, que levaram os liberais do primeiro-ministro Justin Trudeau ao poder, foram alvo de "atividade de ameaça digital de baixa sofisticação", mas isso não afetou o resultado das eleições, segundo um relatório divulgado nesta sexta-feixa.

As preocupações com a interferência nos processos democráticos vieram à tona em meio a alegações de atuação russa nas eleições presidenciais norte-americanas em novembro passado e nas eleições francesas em maio.

(Por Leah Schnurr e Alastair Sharp)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos