Vivendi apela contra exigência de reduzir fatia na Telecom Italia ou Mediaset, diz fonte

MILÃO (Reuters) - A Vivendi apelou contra a decisão de um regulador italiano que exige que o grupo de mídia francês reduza suas ações na Telecom Italia ou na Mediaset, disse uma fonte próxima ao assunto nesta segunda-feira.

O regulador italiano de comunicações Agcom disse em abril que as participações da Vivendi violam regras de prevenção de concentração de poder nas telecomunicações e no setor de mídia do país. O órgão pediu que a Vivendi apresente um "plano de ação específico" num prazo de 60 dias, que acaba esta semana.

A Vivendi é a maior acionista individual na Telecom Italia, com 24 por cento, e recentemente adquiriu 28,8 por cento da Mediaset, maior emissora privada da Itália.

Fontes disseram à Reuters este mês que a Vivendi planeja reduzir seus direitos de voto na Mediaset para menos de 10 por cento dependendo do resultado de sua apelação.

(Por Stefano Rebaudo)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos