Startup chinesa Mobike expande operações para o Japão

XANGAI (Reuters) - A startup chinesa de compartilhamento de bicicleta Mobike disse nesta quinta-feira que abriu uma subsidiária em Fujuoka, no sul do Japão, e planeja iniciar o serviço no fim deste ano.

A entrada em uma das maiores cidades japonesas marca a mais recente investida da startup no exterior, após ter entrado em Cingapura e no Reino Unido. A Mobike tem operações em cerca de 100 cidades chinesas e captou mais de 900 milhões de dólares desde outubro.

"A empresa está comprometida em fornecer serviços de compartilhamento de bicicleta em colaboração com governos locais em todo o Japão", disse a Mobike em comunicado.

A companhia, cujos financiadores incluem Tencent e Sequoia, tem cerca de 100 milhões de usuários e faz quase 25 milhões de trajetos por dia.

Sua principal concorrente, a ofo, captou 450 milhões de dólares em maio de uma série de investidores, incluindo a chinesa Didi Chuxing.O aplicativo da Mobike permite que usuários escaneiem QR codes em bicicletas Mobike, destravando-as para usar e pagar o aluguel sob demanda.

(Por Brenda Goh)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos