Polícia apreende servidores de empresa de software ucraniana depois de ataque cibernético

KIEV (Reuters) - A polícia ucraniana apreendeu nesta terça-feira os servidores de uma empresa de software de contabilidade suspeita de espalhar um vírus que atingiu sistemas de computação ao redor do mundo na semana passada, disse uma autoridade policial.

O chefe da polícia cibernética da Ucrânia, Serhiy Demedyuk, disse à Reuters que os servidores da M.E.Doc, software de contabilidade mais popular da Ucrânia, foram apreendidos como parte da investigação relacionada ao ataque.

Entretanto, eles ainda estão tentando determinar quem está por trás do ataque iniciado na última semana. Autoridades de inteligência ucranianos e empresas de segurança disseram que algumas das infecções iniciais foram espalhadas quando o vírus foi transmitido através de uma atualização do M.E.Doc, os proprietários da empresa negam.

A operação da polícia aconteceu depois que investigadores de segurança cibernética descobriram novas evidências de que o ataque tinha sido planejado com meses de antecedência por hackers altamente qualificados, que teriam inserido uma vulnerabilidade no programa M.E.Doc.

A Ucrânia também tomou medidas nesta terça-feira para ampliar seu prazo de imposto estadual em um mês, para ajudar as empresas atingidas pelo ataque.

(Por Pavel Polityuk)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos