Macron exige que operadoras de telecomunicações francesas implementem banda larga rápida até 2020

PARIS (Reuters) - O presidente francês, Emmanuel Macron, instou as operadoras de telecomunicações na segunda-feira a implementar banda larga de alta velocidade em toda a França até o final de 2020, dois anos antes do que o objetivo anterior.

Macron disse em um discurso em conferência no Senado que o governo vai apresentar um novo sistema de incentivos e penalidades para os operadoras de telecomunicações até o final do ano.

Uma parcela do seu prometido plano de investimento de 50 bilhões de euros será alocada para regiões onde a construção de redes não seria viável para empresas privadas, acrescentou.

A Orange, a ex-monopolista estatal France Telecom, investiu fortemente no desenvolvimento de uma rede de "fibra para a casa" (FTTH, na sigla em inglês), tornando-se líder do mercado.

Mas as rivais SFR Group e Iliad também entraram na corrida e estão gastando bilhões na construção de suas próprias redes de fibra.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos