Microsoft supera previsão de lucro e receita no 2º tri

(Reuters) - A Microsoft teve lucro e receita trimestrais melhores que o esperado, ajudada por um desempenho forte da área de computação em nuvem, que atravessa rápido crescimento.

As ações da empresa subiram até 1,5 por cento na negociação após o fechamento regular do mercado nesta quinta-feira.

A Microsoft disse que a receita da área de computação em nuvem, que inclui a plataforma principal Azure e produtos de servidores, subiu cerca de 11 por cento, a 7,43 bilhões de dólares no trimestre. A receita do Azure quase duplicou no trimestre.

Analistas, em média, esperavam receita de 7,32 bilhões de dólares, de acordo com a empresa de dados e análises FactSet.

O serviço Azure compete com Amazon Web Services da Amazon.com e oferece ofertas de Google, IBM e Oracle.

A Microsoft ampliou o foco na unidade de computação em nuvem como parte da estratégia do presidente-executivo, Satya Nadella, de compensar a fraqueza no mercado de PCs.

O lucro líquido da empresa mais do que duplicou para 6,51 bilhões de dólares, ou 0,83 dólar por ação, no trimestre concluído em 30 de junho, de 3,12 bilhões, ou 0,39 dólar por ação, no ano anterior.

Excluindo eventos não recorrentes, a Microsoft lucrou 0,98 dólar por ação. Em uma base ajustada, a receita aumentou 9,1 por cento para 24,7 bilhões de dólares.

Analistas, em média, esperavam lucro ajustado de 0,71 dólar por ação e receita de 24,27 bilhões, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Gayathree Ganesan e Rishika Sadam)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos