Aumento do custo de aquisição de tráfego da Alphabet desagrada investidores

(Reuters) - Poucas coisas que deixam os investidores da Alphabet infelizes. O crescente custo de aquisição de tráfego (TAC, na sigla em inglês) para seu site é um deles.

Dona do Google, a Alphabet registrou taxa de crescimento de receita de mais de 20 por cento nos últimos cinco trimestres, mas disse na segunda-feira que o TAC subiu 28 por cento, para 5,09 bilhões de dólares, no segundo trimestre.

Esse é o maior aumento percentual do TAC em nove anos e os analistas disseram esperar que continuem a pesar sobre as margens da empresa, mesmo que os fundamentos permaneçam fortes.

As ações da Alphabet, que subiram 26 por cento neste ano, caíam mais de 3 por cento nesta terça-feira.

O custo de aquisição de tráfego consiste em pagamentos das empresas de busca na Internet a empresas afiliadas e online que direcionam tráfego de consumidores e negócios para seus sites.

O Google depende muito de parceiros como a Apple, que fez dele o mecanismo de busca padrão no iPhone. A empresa também paga a portais para publicar anúncios.

A empresa advertiu que os gastos com aquisição de tráfego devem seguir subindo à medida que a mudança para a publicidade móvel e programática -em que os anúncios são comprados, vendidos e exibidos por sistemas automatizados- torna-se mais importante.

Os custos de aquisição de tráfego responderam por 22 por cento da receita publicitária no segundo trimestre. A receita líquida de anúncios aumentou 16 por cento, em comparação com 18 por cento no último trimestre.

A Canaccord Genuity disse que espera que o TAC passe para 21,07 bilhões dólares em 2017, 25 por cento acima do ano passado. Em 2016, o TAC cresceu 17 por cento.

Apesar das preocupações com o TAC, a maioria dos analistas está otimista em relação ao potencial da empresa para manter taxas fortes de crescimento da receita e do lucro.

(Por Sayantani Ghosh)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos