Base de telefonia móvel registra queda anual de 4,5% em junho

SÃO PAULO (Reuters) - O número de linhas de telefonia móvel em operação no Brasil caiu 4,46 por cento em junho ante mesmo mês de 2016, somando 242,12 milhões de conexões em funcionamento, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta terça-feira.

O dado representa uma queda menor do que a de maio, mês em que houve uma redução de mais 5 por cento na telefonia celular no país em número de acessos.

Na comparação de junho contra maio, a base se manteve praticamente estável.

Entre as quatro maiores operadoras, nos últimos 12 meses a Vivo foi a única a apresentar crescimento, com mais 1.031.431 linhas, alta de 1,41 por cento, enquanto a Oi teve a maior queda, com redução de 5.521.586 linhas, redução de 11,6 por cento.

A TIM teve perda de 3.156.938 linhas (-4,93 por cento), ao passo que a Claro teve queda de 3.991.992 linhas no mesmo período (-6,21 por cento).

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos