Empresa israelense Gilat fornecerá tecnologia para satélite geoestacionário brasileiro

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia israelense Gilat Satellite Networks anunciou nesta quarta-feira acordo com a Telebras no valor de 11,4 milhões de dólares para oferecer serviços de comunicação e tecnologia para o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) do Brasil.

O SGDC está em órbita desde 4 de maio e, segundo o governo federal, possibilita "acesso à conexão em banda larga a todos os locais do país", além de usos para inteligência militar e governamental.

O projeto do SGDC, que é fruto de uma parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com o Ministério da Defesa, recebeu, até maio, 2,7 bilhões de reais em investimentos, segundo informações do governo federal.

(Por Natália Scalzaretto)

(Por Natália Scalzaretto; Edição de Raquel Stenzel)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos