Telecom Italia nomeia Amos Genish, da Vivendi, como gerente-geral de operações

MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia nomeou Amos Genish, da Vivendi, como gerente-geral das operações nesta sexta-feira, à medida que o gigante de mídia francês apertou o controle no grupo de telefonia italiano, do qual é o maior acionista.

A nomeação chega após a Telecom Italia demitir o presidente-executivo Flavio Cattaneo, que deixou a empresa 16 meses depois de assumir o cargo em meio a embates com a Vivendi, que detém 24 por cento de participação da italiana.

Genish, que era diretor de convergência na Vivendi, antes havia liderado a unidade brasileira da espanhola Telefonica e havia fundado a GVT.

Cattaneo é o segundo presidente-executivo a deixar a empresa em menos de dois anos após entrar em conflito com o grupo francês liderado pelo bilionário Vincent Bollore, cuja ambição declarada é construir uma potência de mídia no sul da Europa.

Alguns fundos de investimento que possuem ações da Telecom Italia apoiaram a mais recente mudança de liderança na empresa, apostando em Genish para concluir a revisão da companhia com um conjunto de acordos, como a possível venda da TIM Participações e da subsidiária de linha fixa da italiana.

(Por Agnieszka Flak)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos