Lucro da Garbin supera estimativas com mais vendas de aparelhos para atividades ao ar livre

(Reuters) - A fabricante de dispositivos baseados em GPS, Garmin, teve lucro trimestral acima do esperado, com robusta demanda de dispositivos voltados para entusiastas de atividades ao ar livre compensando a fraqueza nas vendas de produtos automotivos.

A Garmin, que começou como fabricante de dispositivos GPS, beneficiou-se nos últimos anos da crescente demanda por dispositivos como relógios inteligentes e outros aparelhos portáteis que registram tudo, desde as frequências cardíacas e calorias até os movimentos de um animal de estimação e o clima.

O lucro líquido atribuído à Garmin subiu para 171 milhões de dólares, ou 0,91 dólar por ação no segundo trimestre, ante 161,1 milhões, ou 0,85 dólar por ação, um ano antes.

Em termos pró-forma, a empresa obteve 0,88 dólar por ação, superando a estimativa média de analistas de 0,81 dólar por ação, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita aumentou ligeiramente para 816,9 milhões de dólares. Os analistas esperavam 807,7 milhões de dólares.

A Garmin, sediada na Suíça, elevou a previsão de receita anual de 3,02 bilhões para 3,04 bilhões de dólares.

(Por Laharee Chatterjee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos