Siemens atualiza scanners médicos para reduzir vulnerabilidades de segurança

FRANKFURT (Reuters) - O grupo alemão Siemens prevê atualizar o software de alguns scanners médicos até o fim do mês para cobrir vulnerabilidades que podem permitir que esses equipamentos sofram ataques de hackers, disse um porta-voz da empresa nesta segunda-feira.

Na semana passada, o Departamento de Segurança Interna dos EUA emitiu um aviso alertando que "um invasor com pouca habilidade poderia explorar as vulnerabilidades" usando fraquezas conhecidas de versões antigas do Windows.

O porta-voz da Siemens disse que nenhuma evidencia de ataque foi encontrada.

"Baseado nos controles dos dispositivos e condições de uso, acreditamos que as vulnerabilidades não apresentam nenhum risco elevado para o paciente", disse a Siemens. "Até o momento, não houve registro de exploração das vulnerabilidades identificadas em qualquer instalação do sistema em todo o mundo".

Grandes equipamentos de imagem como os scanners PET geralmente não são diretamente conectados a internet, mas estão conectados ao sistema dos hospitais, que podem ser infectados.

(Por Georgina Prodhan)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos