HBO diz que está investigando ataque cibernético

(Reuters) - A HBO, que exibe "Game of Thrones", confirmou nesta terça-feira que está investigando um ataque de hackers que informou aos funcionários há 10 dias.

"A análise forense está sendo feita", declarou a emissora por email, acrescentando que está trabalhando com especialistas em segurança cibernética e policiais.

O ataque aconteceu em um momento sensível para a HBO, cuja proprietária Time Warner aguarda aprovação de reguladores para se vender à AT&T em um acordo de 85,4 bilhões de dólares anunciado em outubro.

O Guardian e outras publicações informaram nesta terça-feira que hackers publicaram arquivos roubados da HBO online, exigindo um regaste em bitcoins para evitar vazamentos adicionais.

A Reuters não teve acesso aos arquivos nem conseguiu verificar sua autenticidade.

O site de notícias Mashable publicou exigências escritas dos hackers que alegaram ter enviado ao presidente-executivo da emissora, Richard Plepler. Os hackers disseram que roubaram uma grande variedade de material confidencial, incluindo roteiros de programas, contratos, documentos de recursos humanos e detalhes do orçamento.

Uma fonte disse que o FBI está investigando o assunto. Um porta-voz do Federal Bureau of Investigation não comentou o caso.

Essa foi a segunda vez que documentos supostamente roubados da HBO foram divulgados na internet desde o ataque que aconteceu na semana passada, levando 1,5 terabytes de dados, incluindo dois episódios inéditos da série "Game of Thrones".

Em sua declaração, a emissora disse que não acredita que seu "email como um todo" foi comprometido e acrescentou que acreditava que vazamentos adicionais poderiam surgir do ataque.

(Por Jessica Toonkel e Gabriella Borter)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos