Time anuncia receita abaixo do esperado e cortes de custos

(Reuters) - A editora da revista Time reportou receita trimestral abaixo do esperado nesta terça-feira e anunciou um novo programa de redução de custos.

A empresa que publica as revistas Sports Illustrated, People e Time disse que visa a cortar 400 milhões de dólares em custos. O esforço segue outras medidas aplicadas, incluindo cortar 4 por cento de sua força de trabalho e seus dividendos.

A Time tem lutado para impulsionar as vendas de revistas e a receita de publicidade, à medida que mais pessoas buscam notícias e entretenimento online e os anúncios migram da mídia impressa para plataformas digitais como Google e Facebook.

Para diminuir a dependência em impressão, a editora entrou em áreas como programas de TV, transmissão de vídeos e eventos. Em 2016, a Time lançou um site de transmissão de vídeo com suporte para anúncios com celebridades, cultura pop e conteúdo de estilo de vida de suas marcas People e Entertainment Weekly.

A receita de circulação da Time caiu 12 por cento no segundo trimestre. A receita de anúncios também caiu 12 por cento, devido ao declínio em propagandas impressas e digitais.

A receita total da empresa caiu 9,7 por cento, para 694 milhões de dólares, abaixo dos 703,5 milhões de dólares previstos pelos analistas segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A editora teve prejuízo de 44 milhões de dólares, ante lucro de 18 milhões de dólares no ano anterior. Excluindo itens, a empresa lucrou 0,13 dólar por ação, acima da expectativa dos analistas de 0,11 dólar.

(Por Laharee Chatterjee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos