Altice avalia fazer oferta por Charter Communications, dizem fontes

(Reuters) - O conglomerado de telecomunicações holandês Altice NV e sua unidade de cabos norte-americana estão no estágio inicial de trabalhar em uma oferta para compra a Charter Communications, segundo fontes disseram à Reuters nesta quarta-feira, em um movimento para ganhar mais escala nos Estados Unidos.

A proposta destaca uma onda esperada de consolidação da indústria de telecomunicações, à medida que as empresas de cabo procuram formas adicionais de reduzir custos e crescer em meio a redução de gastos dos consumidores norte-americanos com cabo.

O movimento também ilustra as ambições do fundador da Altice, o bilionário franco-israelense Patrick Drahi, que fez fortuna por meio de aquisições financiadas por dívida, seguidas por cortes de custos para aumentar o lucro. O acordo com a Charter seria uma clara indicação de que Drahi espera replicar esse modelo nos Estados Unidos.

Iniciando uma aquisição da Charter ou uma fusão da empresa com a Altice USA seria um grande desafio para a Drahi, cujo patrimônio líquido está fixado pela Forbes em 14 bilhões de dólares. Mesmo sem um prêmio de aquisição, a Charter vale mais de 180 milhões de dólares, incluindo dívida, enquanto a Altice NV e a Altice USA têm quase tanta dívida quanto a soma dos valores de mercado das duas empresas de 32 bilhões de euros e 23 bilhões de dólares, respectivamente.

A Altice está negociando com bancos para financiar o acordo em dinheiro e ações, disse uma fonte. A Charter, Altice NV e Altice USA não comentaram o assunto.

(Por Liana B. Baker e Anjali Athavaley)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos