Investidor da Sky diz que oferta da Fox está perdendo atrativo

LONDRES (Reuters) - O gerente de hedge fund Crispian Odey está considerando retirar seu apoio à tentativa da Twenty-Frist Century Fox de assumir a Sky, dizendo que a oferta de 11,7 bilhões de libras (15,20 bilhões de dólares) subestima a emissora britânica de televisão paga.

Odey, que é o 15º maior acionista da Sky, com uma participação de 1 por cento, disse à Reuters em entrevista que os atrasos nas regulamentações o fizeram reconsiderar seu apoio à oferta da Fox de 10,75 libras por ação, relativa a 61 por cento da Sky que ainda não possui.

Os comentários do acionista marcam uma mudança em sua posição desde que o acordo foi anunciado em dezembro, quando disse que respaldaria a proposta.

A mudança de postura ocorre depois que a tentativa de Rupert Murdoch de assumir o controle total da Sky enfrentou um novo atraso com o pedido feito na terça-feira pelo Departamento de Digital, Cultura, Mídia e Esportes do governo britânico ao regulador de comunicações Ofcom para reexaminar o acordo até 25 de agosto.

"A verdade é que, quanto mais tempo isso se alongar, mais feliz eu ficaria se [o acordo] fracassasse", disse Odey, acrescentando que a Fox "está obtendo ao que agora parece um preço muito barato", e que a oferta "agora parece bem maldosa."

(Por Ben Martin)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos