Prejuízo líquido do site chinês JD.com aumenta devido a gastos maiores com marketing

(Reuters) - A JD.com, segunda maior empresa de varejo online da China, divulgou prejuízo líquido no segundo trimestre, com o aumento dos custos de marketing ofuscando o crescimento da receita acima do esperado e levando as suas ações a caírem acentuadamente nesta segunda-feira.

O principal rival do Alibaba Group disse que seu prejuízo líquido atribuível a acionistas subiu para 496,4 milhões de iuanes (74 milhões de dólares), ante 252,3 milhões de iuanes um ano antes.

As ações da JD.com chegaram a cair mais de 5 por cento em Nova York durante a manhã, apesar de a receita ter subido 43,6 por cento, para 93,2 bilhões de iuanes, muito acima da faixa de estimativas, entre 88 bilhões e 90,5 bilhões de iuanes. Às 12h00 (horário de Brasília), as ações recuavam 3,8 por cento.

As despesas de marketing cresceram 63 por cento, para 4,1 bilhões de iuanes, principalmente devido às vendas em junho para o "618", segundo maior evento de vendas online da China, atrás apenas do Dia dos Solteiros.

A empresa espera receita do terceiro trimestre entre 81,8 bilhões e 84,2 bilhões de iuanes, alta de 36 a 40 por cento ante o mesmo período em 2016.

(Por Cate Cadell e Rama Venkat Raman)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos