Registro de site neonazista é cancelado por GoDaddy e Google

TORONTO (Reuters) - O site neonazista Daily Stormer teve seu registro de domínio rejeitado duas vezes em menos de 24 horas, em movimentos que ameaçam tirar o site do ar se não encontrar um substituto para a GoDaddy e Google. Ambos os serviços de hospedagem na internet disseram que o site tinha violado seus termos de serviço.

A GoDaddy divulgou no último domingo pelo Twitter que deu ao Daily Stormer 24 horas para transferir seu domínio para outro provedor, dizendo que o site violou os termos de serviço da empresa. O site que prega a supremacia branca, associado ao movimento direita alternativa, ajudou a organizar a manifestação que se tornou violenta no final de semana em Charlottesville, Virgínia, nos Estados Unidos.

A empresa decidiu expulsar o site no domingo por medo de que ele pudesse ser usado para incitar mais violência após os eventos em Charlottesville, incluindo a morte de Heather Heyer, que foi fatalmente atingida por um carro supostamente conduzido por um homem com visões nacionalistas brancas.

O Daily Stormer respondeu a medida migrando para o provedor do Google, pertencente a Alphabet. O Google Domains, que oferece transferências por meio de um processo automatizado online que a empresa diz que normalmente leva 20 minutos ou menos para ser concluído.

O domínio foi registrado no Google pouco antes das 8h (horário local) na Califórnia e a empresa anunciou planos para revogá-lo às 10h56, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto. "Não queremos que nossos serviços incitem a violência", disse.

Não ficou claro quando o movimento do Google entraria em vigor. O Daily Stormer estava online e seu registro de internet indicou o Google como provedor.

Os termos de conduta da GoDaddy proíbe o uso de seus serviços de forma a "promover, encorajar ou se envolver em terrorismo, violência contra pessoas, animais ou propriedades".

O editor do Daily Stormer, Andrew Anglin, não foi encontrado para comentar o assunto.

(Por Jim Finkle)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos