Popularidade de jogo para celular deve impulsionar receita da chinesa Tencent

HONG KONG (Reuters) - Com até 80 milhões de jogadores ativos por dia, o jogo para dispositivos móveis "Honour of Kings" provavelmente ajudará a aumentar a receita trimestral de Tencent em cerca de 50 por cento, apesar de a empresa ter imposto limites de tempo para permanecia no jogo para enfrentar problemas de usuários viciados no game.

Baseado em personagens históricos chineses, o jogo se tornou tão popular que a Tencent precisou introduzir limite de tempo no mês passado, em meio a relatos de vício entre crianças. Mas as restrições criaram mercados online ilegais nas contas do jogo, utilizados por jogadores buscando uma forma de burlar o controle.

Espera-se que o impulso de crescimento na China continue, enquanto a Tencent aproveita os 938 milhões de usuários de seu serviço de mensagens WeChat.

A gigante de tecnologia, que informará seus resultados trimestrais na quarta-feira, tem planos de implementação globais mais amplos para o "Honour of Kings", mas há preocupações de que o jogo não replique sua popularidade em alguns mercados no exterior.

"Os mercados asiáticos têm melhores perspectivas. Os Estados Unidos e a União Europeia continuarão a ser um empreendimento a mais longo prazo", afirmou o analista da Bocom Internacional, Connie Gu.

O "Honour of Kings" deve ser lançado nos EUA este ano, depois de já ter variações do jogo com diferentes nomes em mercados como Taiwan, Tailândia, Coreia do Sul, Vietnã e Europa.

Espera-se que a Tencent, a maior companhia de videogames do mundo, informe receita de 52,98 bilhões de iuanes (7,9 bilhões de dólares) para o segundo trimestre, alta de 48 por cento ante o ano anterior, de acordo com a média esperada por 10 analistas em pesquisa da Thomson Reuters.

A receita com jogos para celulares deve superar a de videogames para computadores pela primeira vez, e espera-se que represente quase 30 por cento do total. O lucro da empresa é previsto para crescer 31,8 por cento para 14,15 bilhões de iuanes.

(Por Sijia Jiang)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos