Parlamento escocês diz que ataque cibernético em curso não violou suas defesas

EDIMBURGO (Reuters) - O Parlamento da Escócia afirmou que está sofrendo um ataque cibernético contínuo, mas a ação não violou as defesas da assembleia.

"Até o momento não há evidencias de que o ataque passou por nossas defesas e nossos sistemas continuam a operar normalmente", declarou o parlamento escocês.

"Os usuários devem estar conscientes, no entanto, de que esse ataque continua em andamento. Não é incomum que os ataques de força bruta sejam mantidos durante um período de dias, por isso é essencial que os usuários estejam atentos e relatem quaisquer problema suspeito", acrescentou.

Os hackers usam um ataque de "força bruta" repetidamente para tentar acessar os sistemas testando diferentes senhas.

(Por Elisabeth O'Leary)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos