AT&T avalia venda de negócio de segurança doméstica, dizem fontes

Por Liana B. Baker

(Reuters) - A AT&T Inc está explorando opções para o seu negócio de segurança doméstica Digital Life, incluindo vendê-lo, pois busca pagar dívidas após a planejada aquisição por 85,4 bilhões de dólares da Time Warner Inc, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

O desinvestimento significaria uma reversão para a AT&T, que entrou no mercado de segurança doméstica dos EUA com a introdução da Digital Life em 2013. O serviço oferece aos clientes sensores e câmeras para que eles possam monitorar suas casas e animais de estimação em seus telefones.

A Digital Life respondeu por uma pequena fração da receita de 163,8 bilhões de dólares da AT&T em 2016. Estima-se que tenha entre 400 mil e 500 mil clientes e que possa obter cerca de 1 bilhão de dólares com uma venda, disseram as fontes.

Embora isso faça pouco para reduzir a dívida da AT&T, que estava em 143,7 bilhões de dólares em 30 de junho, a venda poderia ser um prelúdio de mais desinvestimentos, acrescentaram as fontes.

As fontes pediram anonimato porque as deliberações são confidenciais. A AT&T não quis comentar.

"A AT&T vai carregar um peso inacreditável de dívida (após o encerramento do acordo da Time Warner), que é uma proposta arriscada para uma empresa com receitas em declínio", disse o analista da MoffettNathanson, Craig Moffett, em um email. "Eles quase certamente terão que encontrar ativos para vender para apaziguar as agências de rating."

A AT&T disse que espera que a aquisição da Time Warner seja concluída até o fim do ano. O acordo está atualmente sob análise antitruste pelo Departamento de Justiça dos EUA.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos