Western Digital oferecerá US$17,4 bi por unidade de chips da Toshiba

TÓQUIO (Reuters) - Um consórcio que inclui a Western Digital está oferecendo 1,9 trilhão de ienes (17,4 bilhões de dólares) pelo negócio de chips de memória da Toshiba, que o conglomerado japonês está tentando vender para cobrir prejuízos de sua unidade nuclear dos EUA, disseram fontes nesta quinta-feira.

A Western Digital deve oferecer 150 bilhões de ienes por meio de bônus conversíveis e não buscará direitos de voto no negócio, disseram as fontes familiarizadas com o negócio.

O consórcio também inclui a empresa de capital privado norte-americana KKR & Co, bem como Innovation Network Corp do Japão e o Banco de Desenvolvimento do Japão, respaldados pelo Estado, que oferecerão 300 bilhões de ienes cada para o negócio de chips, disseram as fontes.

Sob a proposta, os credores da Toshiba, incluindo Sumitomo Mitsui Banking Corp e Mizuho Bank, estenderiam cerca de 700 bilhões de ienes em empréstimos, disseram.

Outras empresas japonesas também investirão cerca de 50 bilhões de ienes para garantir que as empresas nacionais tenham uma participação combinada de 60 por cento, disseram as fontes, acrescentando que a própria Toshiba manteria uma participação de 100 bilhões de ienes no negócio.

A Toshiba disse que não poderia comentar discussões com possíveis interessados no negócio de chips. A Western Digital disse que não podia comentar imediatamente, enquanto a KKR se recusou a comentar. As fontes solicitaram anonimato porque as negociações são confidenciais.

(Por Taro Fuse; reportagem adicional por Makiko Yamazaki, Kentaro Hamada e Yoshiyasu Shida)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos