Militante do Estado Islâmico é ridicularizado no Twitter espanhol

MADRI (Reuters) - Um combatente do Estado islâmico tornou-se alvo improvável de piadas nas redes sociais espanholas, depois de ameaçar a Espanha com mais ataques na sequência dos ocorridos na Catalunha que mataram 15 pessoas.

Os usuários do Twitter responderam a um vídeo do Estado Islâmico, lançado na quarta-feira, transformando o jovem jihadista de língua espanhola em um meme que está entre os tópicos mais populares da rede social na quinta e sexta-feira.

Em uma chacota, o jihadista barbudo torna-se um vlogueiro do You Tube pedindo que os espectadores curtam e se inscrevam no seu canal. Em outro, ele faz um rap inspirado em reggaeton apelidado de "remix oficial do Estado Islâmico".

No vídeo original, o militante disse que o Estado Islâmico vingará os muçulmanos mortos durante a Inquisição Espanhola no século XV e reconstruirá "Al Andalus", território medieval muçulmano que ocupava a maior parte do que hoje são Espanha e Portugal.

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelos ataques em 17 e 18 de agosto, nos quais jihadistas atropelaram pessoas com uma van na avenida mais famosa de Barcelona e posteriormente atacaram o resort litorâneo de Cambrils.

A mídia espanhola, citando fontes policiais, identificou o combatente como Muhammad Yasin Ahram Perez, de 22 anos, nascido na cidade de Córdoba. Ele se mudou para a Síria com a mãe e os irmãos em 2014 para se juntar ao Estado Islâmico.

(Por Emily Lupton)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos