Whole Foods derruba preços de alguns produtos e começa a vender Echo, da Amazon

LOS ANGELES (Reuters) - No primeiro dia como parte da Amazon.com, a cadeia de supermercados orgânicos Whole Foods cortou em um terço o preço de itens como abacates e maças nesta segunda-feira, à medida em que tenta se livrar da fama de praticar preços altos.

Em outro indício de mudanças, o Echo da Amazon e os alto-falantes inteligentes Echo Dot por 99,99 dólares e 44,99 dólares, respectivamente, foram exposto entre produtos coloridos da Whole Foods no centro de Los Angeles. Os aparelhos são vendidos pelo mesmo preço no site da Amazon.

As empresas sinalizaram na semana passada que cortariam preços selecionados da Whole Foods a partir de segunda-feira, e que estão trabalhando em novos descontos.

O preço dos abacates Hass e das maças Fuji foi cortado em 33 por cento para 1,99 dólar cada, ante preço anterior de 2,99 dólares. Os preços de carnes e peixes também foram reduzidos.

Os novos preços, em alguns casos, eram menores do que aqueles de um supermercado Ralphs nas proximidades. O Ralphs pertence à Kroger, que tem reputação de concorrer agressivamente no preço.

(Por Lisa Baertlein)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos