Novo CEO do Uber promete mudanças e prevê IPO em até 3 anos

SAN FRANCISCO (Reuters) - O novo presidente-executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, disse aos funcionários nesta quarta-feira que a empresa mudará sua cultura e poderia se listar na bolsa em até 3 anos.

Khosrowshahi, que comandou o Expedia por 12 anos, fez as declarações quando se apresentou aos empregados da companhia durante uma reunião na sede do Uber.

Os planos do executivo incluem a redefinição da cultura do Uber, estancando perdas e fazendo uma oferta inicial em 18 a 36 meses, de acordo com uma pessoa que participou da reunião.

"Essa empresa precisa mudar", disse Khosrowshahi aos funcionários, segundo a conta da equipe de comunicação da Uber no Twitter. "O que nos trouxe até aqui não é o que vai nos levar ao próximo nível".

A nomeação de Khosrowshahi, que se descreveu como "um lutador", vem com o Uber está tentando se recuperar de uma série de crises que culminaram na saída do agora ex-presidente Travis Kalanick, em junho. É também um passo fundamental para preencher um buraco na administração, que no momento não tem vice-presidente financeiro, chefe de engenharia ou conselho geral.

Em seu primeiro encontro com os funcionários, Khosrowshahi enfatizou o recrutamento de novos talentos, principalmente de um vice-presidente financeiro, e de um presidente do conselho, segundo as publicações da Uber no Twitter.

(Por Heather Somerville)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos