Câmara dos EUA votará proposta para implementação de carros autônomos na próxima semana

(Reuters) - A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos votará na próxima quarta-feira uma ampla proposta para acelerar a implantação de carros autônomos sem controle humano e impede que Estados proíbam esse veículos, disseram assessores do Congresso.

O projeto de lei, aprovado por unanimidade em um comitê da Casa em julho, permite que montadoras obtenham isenção para implementar até 25 mil veículos sem atender aos padrões de segurança atuais no primeiro ano, um número que cresceria para 100 mil carros por ano ao longo de três anos.

Fabricantes de veículos e empresas de tecnologia incluindo a General Motors e a Waymo, unidade de carros autônomos da Alphabet, têm pressionado por novas leis federais que facilitem a implementação desta tecnologia. Entretanto, alguns grupos de consumidores pedem garantias adicionais.

A proposta será votada sob regras rápidas que não permitem alterações. Um grupo bipartidário de senadores norte-americanos tem trabalhado em uma legislação semelhante, mas não introduziu um projeto de lei.

"Os veículos autônomos permitem tornar o nosso sistema de transporte mais seguro e eficiente. Avançar nesta tecnologia exige uma política governamental que encoraje testes e desenvolvimento contínuos", afirmou o líder da maioria da Câmara, Kevin McCarthy, um republicano.

Os representantes dos republicanos Greg Walden e Robert Latta disseram em declaração conjunta que "o voto abrirá caminho para testes seguros, desenvolvimento e implantação de carros autônomos nos EUA".

A questão ganhou nova urgência com o aumento de 7,7 por cento nas mortes em estradas norte-americanas em 2015, o maior salto anual desde 1966.

(Por David Shepardson)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos