Facebook lança serviço de vídeo Watch e aumenta competição com YouTube por receitas de anúncios

Por Jessica Toonkel

(Reuters) - O Facebook lançou o seu serviço de vídeo Watch para usuários dos Estados Unidos nesta quinta-feira, com planos para permitir que as pessoas apresentem programas, com a maior rede social do mundo competindo com o YouTube, da Alphabet, para aumentar a receita de publicidade.

O movimento acontece com os anunciantes mudando cada vez mais os orçamentos da televisão para a Internet, já que mais espectadores preferem assistir seus programas favoritos em seus smartphones e tablets.

No Watch, que o Facebook começou a testar no início deste mês, os usuários podem ver centenas de programas da Vox, Buzzfeed, Discovery Communications, ABC da Walt Disney, além de esportes ao vivo como Major League Baseball.

O Facebook está inicialmente pagando alguns criadores de conteúdo para produzirem programas para gerar interesse. A empresa está pagando entre 10 mil e 35 mil dólares para programas mais curtos e 250 mil dólares para programas com scripts mais longos, disseram fontes à Reuters em maio. A empresa se recusou a comentar quanto está gastando os programas.

O Facebook planeja, eventualmente, abrir a plataforma a todos para enviar programas para aprovação e compartilhar 55 por cento da receita publicitária, disse Dan Rose, vice-presidente de parcerias no Facebook, em uma entrevista.

O Facebook está testando como os anúncios funcionam dentro dos programas, ele acrescentou.

(Por Jessica Toonkel)

((Tradução Redação São Paulo 56447764))

REUTERS NS RBS

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos