Hewlett Packard Enterprise conclui cisão de negócios de software

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Hewlett Packard Enterprise concluiu a cisão de grande parte do seu negócio de software no início desta sexta-feira, virando a página da desastrosa aquisição da empresa britânica Autonomy em 2011 e reduzindo o foco da empresa para hardware e software voltados a centros de dados.

As empresas de software empresarial, que incluem a amplamente utilizada plataforma de segurança ArcSight, foram fundidas com a Micro Focus International, uma empresa de software britânica. A HPE foi formada quando a empresa, uma vez conhecida como Hewlett-Packard, dividiu-se em HPE e HP em novembro de 2015.

A cisão ocorreu com a HPE se ajustando à rápida transição da computação corporativa para serviços em nuvem oferecidos por companhias como Amazon.com e Microsoft.

A HPE tem como objetivo reunir especificamente os clientes que operam serviços em suas próprias premissas e na nuvem, disse o vice-presidente sênior do grupo de softwares para a nuvem da HPE, Ric Lewis, em entrevista.

A cisão marca o fim do acordo infeliz da HP com a Autonomy, que adquiriu por 11 bilhões de dólares, em um esforço abortado para transformar a HP em uma líder de software corporativo. A tinta mal tinha secado no criticado acordo quando a empresa realizou uma redução de capital no ativo de 8,8 bilhões de dólares.

O desafio agora para a HPE será construir rapidamente software para ambientes de centro de dados híbridos, disse o analista da Gartner Tom Bittman.

"Eles têm o hardware, a rede, mas o principal software está aqui e eles têm que se esforçar", disse Bittman.

(Por Salvador Rodriguez)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos