Putin alerta que setor de tecnologia russo pode ter prejuízos se usar software estrangeiro

MOSCOU (Reuters) - As empresas de tecnologia da Rússia vão perder encomendas estatais a menos que passem a utilizar softwares desenvolvidos domesticamente, afirmou o presidente russo Vladimir Putin nesta sexta-feira, de acordo com a agência de notícias Interfax.

Putin afirmou que, em algumas esferas, as instituições estatais não podem trabalhar com empresas que utilizem softwares estrangeiros pois isso representa um risco para a segurança nacional.

"Em termos de segurança, há coisas que são criticamente importantes para o Estado, para sustentar a vida em certos setores e regiões", disse Putin em encontro com empresas de tecnologia russas, segundo a agência de notícias.

"Se você vai trazer hardware e software em tamanhas quantidades, então em algumas áreas o Estado vai, inevitavelmente, dizer a você: 'Sabe, não podemos comprar isso porque em algum lugar um botão será pressionado e todo o sistema cairá'", disse Putin à Interfax.

As organizações estatais russas têm optado gradualmente pela adoção de tecnologia doméstica, como parte de uma diretriz do Kremlim para diminuir as importações. A mudança foi acelerada após as sanções ocidentais em relação à anexação da Crimeia pela Rússia em 2014.

No entanto, as empresas particulares ainda usam majoritariamente tecnologia importada.

(Texto por Christian Lowe)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos