Israel e China assinam acordo de "tecnologias limpas" avaliado em US$300 mi

JERUSALÉM (Reuters) - Israel e China assinaram um acordo comercial de 300 milhões de dólares com o objetivo de impulsionar a exportação de energia e técnicas agrícolas ecológicas israelenses para a China, disse o Ministério das Finanças de Israel nesta segunda-feira.

O ministro de Relações Exteriores israelense, Moshe Kahlon, estava em Pequim para assinar o acordo de "tecnologias limpas", que se soma a acordos anteriores, disse o ministério em um comunicado.

O novo acordo, segundo o órgão, "permite que os dois lados expandam as atividades econômicas em outras tecnologias econômicas, incluindo técnicas avançadas de agricultura e energia verde, que o governo chinês quer implementar usando a experiência e o conhecimento israelenses".

(Por Ari Rabinovitch)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos