Co-fundador do WhatsApp Brian Acton deixará companhia

(Reuters) - Brian Acton, co-fundador do WhatsApp deixará a companhia para iniciar uma nova fundação, disse em ele em uma publicação no Facebook na terça-feira.

Acton atuou por oito anos no WhatsApp, que foi comprado em 2014 pelo Facebook por 19 bilhões de dólares em dinheiro e ações.

Ex-aluno da Stanford, Acton foi o co-fundador do WhatsApp juntamente com o imigrante ucraniano Jan Koum, em 2009. A dupla trabalhou no Yahoo antes de criar o WhatsApp.

(Por Kanishka Singh em Bengaluru)

(Por Gabriela Mello)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos