Facebook introduz novas regras sobre anúncios e discurso de ódio

COLÔNIA, Alemanha, (Reuters) - O Facebook disse nesta quarta-feira que introduzirá regras mais duras sobre quem pode ganhar dinheiro com anúncios em sua rede, respondendo às críticas de que é muito fácil para provedores de notícias falsas e manchetes sensacionalistas ganhar dinheiro.

Com efeito imediato, a maior rede social do mundo lançará novos padrões com uma orientação mais clara sobre quais editores são elegíveis para ganhar dinheiro no Facebook e com qual conteúdo, disse a vice-presidente sênior de soluções de marketing globais, Carolyn Everson, em um post publicado em um blog.

Esses padrões se aplicam a apresentação de anúncios onde o contexto importa, escreveu Everson no post, que coincide com uma aparição da diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, nesta quarta-feira na "dmexco", uma grande encontro de marketing digital em Colônia, na Alemanha.

A Alemanha é uma das principais críticas do Facebook sobre discurso de ódio e privacidade. O Parlamento alemão aprovou uma lei em junho que estabelece multas de até 50 milhões de euros (60 milhões de dólares) para as redes sociais que não removerem prontamente postagens de ódio.

(Por Douglas Busvine)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos