Toshiba diz que Western Digital está exagerando em seus direitos sobre unidade de chips

TÓQUIO (Reuters) - A Toshiba informou que sua parceira de negócios Western Digital tem exagerado "persistentemente" em seus direitos sobre a unidade de chips de memória que o grupo japonês planeja vender, mostrando que as duas permanecem em desacordo em relação à venda de 18 bilhões de dólares.

O comunicado foi divulgado um dia após a Toshiba ter dito que estava negociando a venda da unidade com o grupo liderado pelo Bain Capital e a fabricante de chips sul-coreana SK Hynix. O conglomerado também informou que continuaria a avaliar a oferta da rival Western Digital.

"A Toshiba lamenta que a Western Digital persistentemente exagere seus direitos limitados de consentimento em declarações públicas", afirmou a empresa japonesa em nota, referindo-se à afirmação da companhia norte-americana de que seu consentimento era necessário para uma venda, tendo em vista que investiu na planta de semicondutores da Toshiba.

Na quarta-feira, a Western Digital informou que estava confiante em sua capacidade de proteger seus direitos na joint-venture com a Toshiba, que é a segunda maior fabricante mundial de chips de memória NAND.

(Por Ritsuko Ando)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos