Vivendi notifica governo italiano sobre holding com Telecom Italia, diz fonte

PARIS (Reuters) - A Vivendi notificou o governo italiano nesta sexta-feira sobre sua holding na Telecom Italia, atendendo a pedido de autoridades, disse uma fonte a par do assunto.

O grupo de mídia francês detém 24 por cento na empresa italiana desde março de 2016, tendo elevado gradualmente sua fatia desde 2015 para se tornar o maior acionista, elevando os receios da Itália sobre a influência no ex-monopólio estatal.

"Esta notificação, feita voluntariamente, que nenhum outro investidor foi obrigado a fazer antes, foi em espírito de colaboração com o governo italiano", disse a fonte.

O governo da Itália está investigando se a Vivendi violou a obrigação de notificá-lo do controle efetivo da Telecom Italia, que é considerado um ativo nacional estratégico.

Se o controle sobre a empresa italiana for confirmado, o governo pode exercer o chamado "poder de ouro", que pode envolver desde uma multa até exigir a venda de ativos-chave.

O governo italiano tem 15 dias para responder após receber a notificação, disse uma pessoa próxima da Telecom Itália. O prazo pode ser estendido por mais 10 dias, disse a fonte.

(Por Mathieu Rosemain e Gwenaelle Barzic)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos