Ações da Tesla caem depois de alerta de analista

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações da Tesla caíram nesta terça-feira, após tocarem máximas recordes, devido ao alerta de um analista, que disse que a montadora de carros elétricos pode demorar mais do que o esperado para se tornar rentável.

O analista do Jefferies, Philippe Houchois, classificou a Tesla como um papel de "baixo desempenho", ajudando a fazer com que as ações da empresa recuassem 2,17 por cento, para 376,74 dólares, depois de terem fechado com uma alta recorde no dia anterior.

"As conquistas até o momento e a visão são impressionantes, mas não pensamos que o modelo de negócios verticalmente integrado da Tesla pode ser escalado de forma tão lucrativa e rápida, como o consenso pensa e os múltiplos implicam", advertiu o analista, em nota.

O preço-alvo de 280 dólares estabelecido por Houchois está bem abaixo da média de preço de analistas de 337,50 dólares, segundo dados da Thomson Reuters.

O presidente-executivo da montadora, Elon Musk, está contando com o recém-lançado Model 3, carro mais barato da Tesla, para tornar a empresa lucrativa e estabelecê-la como principal fabricante de veículos elétricos, à frente da BMW, General Motors e outras empresas já estabelecidas.

(Por Noel Randewich)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos