Fabricante de chips GlobalFoundries pede que UE investigue rival TSMC, diz fonte

BRUXELAS (Reuters) - A fabricante de chips norte-americana GlobalFoundries pediu que os autoridades de defesa da concorrência na União Europeia investiguem a TSMC, acusando a empresa taiuanesa de praticar competição desleal, disse uma fonte da indústria.

Detendo 58 por cento do mercado em 2016, segundo a empresa de pesquisa de mercado IC Insights, a TSMC é a maior companhia terceirizada de produção de chips do mundo e a terceira maior fabricante de semicondutores do mundo, atrás de Intel e Samsung.

A GlobalFoundries disse à Comissão Europeia que a TSMC está usando ilegalmente descontos de fidelidade de clientes, cláusulas de exclusividade e até penalidades para desencorajar os clientes a migrarem para rivais, disse a fonte. A GlobalFoundries é a rival mais próxima da TSMC.

As práticas, que remontam a vários anos, afetaram a capacidade competitiva da GlobalFoundries, disse a fonte, acrescentando que as táticas aumentaram depois que um produto-chave da empresa norte-americana começou a conquistar novos clientes.

A TSMC nega as acusações. "Qualquer acusação de que a TSMC ameaça ou prejudica os clientes é absolutamente sem fundamento, e defenderemos vigorosamente nossa nossa reputação", disse uma porta-voz.

Representantes da União Europeia não comentaram o assunto.

(Por Foo Yun Chee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos