Twitter se reunirá com comitê do Senado sobre investigação de eleições dos EUA

(Reuters) - Representantes do Twitter se reunirão na próxima semana com o comitê seleto de inteligência do Senado nos Estados Unidos em relação às investigações sobre as eleições presidenciais norte-americanas de 2016, de acordo com um integrante da companhia.

O comitê, juntamente com outros comitês do congresso e o conselheiro especial Robert Mueller, investiga possíveis relações entre a campanha do presidente Donald Trump e a Rússia.

A reunião do Twitter com o comitê surge em meio à crescente pressão sobre reguladores e empresas do Vale do Silício para abrirem o mundo dos anúncios políticos online e impedir que governos de as usarem para influenciar eleições ou tentar outras intromissões.

No começo do mês, o Facebook disse que uma operação baseada na Rússia desembolsou 100 mil dólares em milhares de anúncios em sua plataforma promovendo mensagens divisivas antes e depois das eleições presidenciais do ano passado.

Depois das revelações feitas pelo Facebook, os democratas pediram à Comissão Federal Eleitoral que exija transparência em anúncios feitos em mídia social.

A Rússia continua negando ter interferido nas eleições, em que o republicado Donald Trump derrotou a democrata Hillary Clinton.

(Por Kanishka Singh)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos