Reunião do governo da Itália sobre controle da Vivendi na Telecom Italia é adiada para 3ª-feira, dizem fontes

ROMA (Reuters) - Uma reunião de funcionários do governo italiano para discutir se deve multar a Vivendi com o argumento de que a empresa não informou Roma sobre seu controle efetivo da Telecom Italia foi adiada para terça-feira, disseram duas fontes próximas.

O comitê do governo deveria se encontrar e, eventualmente, tomar uma decisão sobre o assunto na segunda-feira.

O grupo de mídia francês Vivendi, que é o maior acionista da Telecom Italia com uma participação de 24 por cento, negou repetidamente ter o controle do maior grupo de telefonia da Itália.

Uma fonte disse à Reuters na sexta-feira que a Itália deveria aplicar a Vivendi uma penalidade de menos de 300 milhões de euros.

(Por Alberto Sisto e Francesca Piscioneri)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos