IPO da Lyft é oportunidade para investir em carros autônomos e serviços de transportes

DETROIT (Reuters) - Uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da Lyft proporcionará aos investidores uma maneira de entrar no setor de carros autônomos, embora a empresa de serviços de transportes urbanos e rival da Uber Technologies possa ter que esperar anos antes de enviar um robotáxi sem motorista para um cliente.

Na quinta-feira, a Reuters informou que a Lyft está perto de contratar uma empresa de consultoria de IPO em um primeiro passo concreto para ser listada em bolsa.

A operação da Lyft pode servir de parâmetro para a avaliação de startups de serviços de transporte. A Lyft foi avaliada em 7,5 bilhões de dólares em sua última rodada para levantar fundos, enquanto a sua maior rival, a Uber, é avaliada em 68 bilhões de dólares. Alguns questionam se isso é justo, dada a variedade de escândalos envolvendo a Uber este ano.

Em agosto, o novo presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, estabeleceu um cronograma tentativo para o IPO da Uber entre 18 e 36 meses.

Um IPO de um serviço de transportes por aplicativo testa a crença de muitos membros da indústria automotiva de que a propriedade individual de carros irá diminuir à medida que as pessoas vão vender seus carros e confiar em "serviços de mobilidade" -- como serviços de transporte urbano, compartilhamento de carros e bicicletas -- e em veículos autônomos.

Os carros autônomos devem tornar menos atrativo a propriedade individual de automóveis devido à redução do custo de uma corrida por serviços de transporte urbano e do aumento dos preços veículos.

Executivos da indústria automobilística estimam que o custo de rodar uma milha em um veículo próprio varia entre 0,60 a 1 dólar norte-americano, comparado com o custo entre 2,5 a 3,0 dólares em serviços como o Uber e o Lyft.

Substituir o motorista humano por inteligência artificial poderia eliminar cerca de dois terços desse custo, dizem eles, e a Lyft está fazendo uma aposta precoce e importante para aproveitar essa mudança.

Um IPO da Lyft "vai nos dizer quais são os valores de mercado dessas empresas de serviços de mobilidade", disse Mike Ramsey, diretor de pesquisa da Gartner.

A Lyft já fechou acordos com as montadoras Ford Motor, Jaguar Land Rover da Tata Motors e a General Motors; e com as empresas de tecnologia Waymo, uma unidade da Alphabet, Drive.ai e nuTonomy para testar veículos autônomos em sua rede.

Um IPO que estipule o valor de mercado da Lyft acima dos atuais 7,5 bilhões de dólares "é um passo na longa jornada em direção aos veículos autônomos", disse Jeff Schuster, vice-presidente sênior da LMC Automotive.

(Por Paul Lienert)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos