Novo CEO da Uber se encontrará com chefe de transportes de Londres em disputa por licença

LONDRES (Reuters) - O novo presidente executivo da Uber Technologies encontrará o chefe do sistema de transporte de Londres na próxima semana para tentar manter a licença para o seu serviço na capital britânica.

O Transporte para Londres (TfL, na sigla em inglês), que regula e opera a rede de transportes em uma das cidades mais ricas do mundo, surpreendeu a empresa de serviços de transporte por aplicativos na semana passada quando disse que não renovaria sua licença após o final de setembro.

O TfL informou que a Uber, avaliada em cerca de 70 bilhões de dólares e cujos investidores incluem Goldman Sachs, não estava apta a operar na capital e citou sua abordagem para denunciar crimes graves e verificações de antecedentes dos motoristas.

A empresa disse que recorreria contra a decisão da TfL e melhoraria sua conduta para manter seus 40 mil motoristas que trabalham na cidade. A companhia pode operar durante o recurso, um processo que pode durar meses.

Dara Khosrowshahi, presidente-executivo da Uber, que está no cargo há menos de um mês, se reunirá com o comissário da TfL, Mike Brown, na terça-feira.

"Nosso novo presidente-executivo está ansioso para se encontrar com o comissário na próxima semana", disse um porta-voz da Uber. "Queremos trabalhar com Londres para fazer as coisas certas".

(Por Kate Holton)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos