Panasonic lançará nova linha de produção de baterias automotivas no Japão

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Panasonic disse nesta sexta-feira que começará a produzir baterias automotivas em sua antiga fábrica de telas para televisores no Japão, ampliando seu negócio de bateria para atender a antecipada demanda de veículos elétricos.

A empresa, fornecedora exclusiva de células de bateria para o Model 3 da Tesla, está se reinventando como fornecedora de peças automotivas avançadas para escapar da concorrência de preços dos celulares e outros produtos de consumo com baixa margem.

A nova produção de bateria começará em sua fábrica de LCD na cidade japonesa Himeji, no ano fiscal que começa em abril de 2019, ocupando o espaço deixado após o fechamento do negócio não lucrativo de telas para televisores no ano passado.

A empresa não revelou o tamanho do novo investimento ou a capacidade produtiva da nova linha de produção.

A Panasonic vê as baterias como um dos principais impulsionadores de seu plano para praticamente duplicar a receita do seu negócio automotivo para 2,5 trilhões de ienes (22 bilhões de dólares) anuais até março de 2022.

A empresa já é um dos principais fornecedores de baterias de íon de lítio para automóveis, com cinco locais de produção no Japão.

A japonesa iniciou a produção em massa de células de bateria na Gigafactory da Tesla, em Nevada (EUA), no início deste ano e planeja seguir com em uma nova fábrica em Dalian, na China.

(Por Makiko Yamazaki)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos