Kalanick nomeia dois diretores para o conselho da Uber, dizem fontes

SAN FRANCISCO (Reuters) - O conselho da Uber Technologies adicionou dois novos diretores nomeados pelo co-fundador, Travis Kalanick, disseram nesta-feira duas pessoas familiarizadas com o assunto, o que confere ao ex-presidente-executivo da empresa novos aliados.

A decisão ocorre num momento em que o conselho considerava medidas que tirariam o poder de voto de Kalanick, e os diretores estão divididos se ele tem o direito de nomear membros do conselho.

O movimento ainda pode estar sujeito a um desafio legal, mas a confirmação permite que os dois novos diretores votem em uma reunião do conselho agendada para esta terça-feira, afirmaram as fontes.

Kalanick nomeou na última sexta-feira a ex-presidente-executiva da Xerox, Ursula Burns, e o ex-presidente-executivo do Merril Lynch, John Thain, que passaram a ocupar dois assentos vagos no atual conselho de 11 pessoas da Uber.

Na agenda da reunião da próxima terça-feira estão as propostas da novo diretor-executivo, Dara Khosrowshahi, para alterar os requisitos para os lugares do conselho e rever a estrutura de voto dos acionistas.

O grupo também deverá discutir um potencial investimento do SoftBank Group, disse uma das fontes.

O plano de Khosrowshahi, que incluiu o aporte do banco de investimento e do investidor Goldman Sachs, deslocaria o controle de um dos dois assentos do conselho preenchidos por Kalanick para o novo CEO.

(Por Paresh Dave)

((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447553))

REUTERS TH

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos