Oi deve concluir detalhes de plano de recuperação judicial até a próxima 4ª-feira, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo da operadora de telecomunicações Oi, Marco Schroeder, afirmou nesta terça-feira que a companhia deverá concluir até a próxima quarta-feira, dia 11, detalhes de seu plano de recuperação judicial a ser apresentado em assembleia de credores marcada para 23 de outubro.

O executivo, porém, comentou que a definição sobre o tamanho do desconto da dívida detida pelos credores da companhia segue sendo um "grande problema", bem como o percentual de diluição dos atuais acionistas em um aumento de capital de 9 bilhões de reais defendido pela diretoria da companhia.

O principal acionista da Oi é o grupo português Pharol, oriundo da fracassada fusão da Oi com a Portugal Telecom.

"Não vamos atender as demandas de todos....O ideal para nós é uma redução significativa da dívida, o que vai exigir uma redução importante (das participações) dos acionistas", disse Schroeder a jornalistas durante evento de telecomunicações em São Paulo.

(Por Alberto Alerigi Jr.; Edição de Raquel Stenzel)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos