Hackers russos roubam detalhes de defesa cibernética dos EUA

WASHINGTON (Reuters) - Hackers apoiados pelo governo russo roubaram em 2015 segredos dos Estados Unidos sobre como penetrar em redes de computadores estrangeiras e como se proteger contra ataques cibernéticos, informou o Wall Street Journal nesta quinta-feira, citando fontes não identificadas.

O roubo dos segredos ocorreu depois que Edward Snowden, contratado da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, armazenou informações altamente confidenciais em seu computador pessoal.

Snowden usou um popular software antivírus da Kaspersky Lab, com sede na Rússia, que pode ter permitido que os hackers identificassem e direcionassem seus arquivos, disseram várias fontes ao jornal norte-americano.

Os especialistas consideram o roubo, que não foi descoberto até 2016, uma das brechas de segurança mais significativas dos últimos anos, disse o WSJ, incluindo detalhes de como a NSA se infiltra nas redes de computadores estrangeiras, o código de computador que usa para tal espionagem e como defende as redes dentro dos Estados Unidos, disseram as fontes ao jornal.

A Kaspersky Lab, que nega as acusações, divulgou comunicado afirmando que foi pega no meio de uma briga geopolítica.

"A Kaspersky Lab não obteve qualquer evidência que comprove envolvimento da empresa no suposto incidente reportado pelo Wall Street Journal", disse a companhia. "É triste que a cobertura jornalística de acusações não provadas continue a perpetuar acusações sobre a companhia."

A Agência de Segurança Nacional não respondeu a pedidos de comentários da Reuters.

A revelação ocorre em meio a crescente investigação de pirataria russa em alvos dos EUA desde as eleições presidenciais de 2016 e a descoberta de que os russos invadiram os computadores de grupos ligados ao partido Democrata e tentaram influenciar o resultado em favor do presidente republicano Donald Trump.

(Por Dustin Volz, Jim Finkle, Warren Strobel e Doina Chiacu)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos