Facebook lançará novo dispositivo de realidade virtual "Oculus Go"

SAN JOSE, Califórnia (Reuters) - O Facebook planeja lançar um novo headset de realidade virtual que não requer um computador separado para operar, permitindo a utilização por mais usuários de dispositivos móveis do que o atual "Oculus Rift", disse o presidente-executivo Mark Zuckerberg nesta quarta-feira.

Em uma conferência para desenvolvedores de realidade virtual, Zuckerberg disse que o dispositivo "Oculus Go" custará 199 dólares e começará a ser vendido no início do próximo ano, tarde demais para a temporada de compras de fim de ano nos EUA, mas mesmo assim saindo a frente dos rivais.

O Facebook investiu fortemente em realidade virtual na esperança de que a tecnologia, que oferece uma visão panorâmica de 360 ​​graus de espaços distantes ou imaginários, passará de um interesse de nicho para uma plataforma amplamente utilizada por aplicativos de jogos, comunicação e negócios.

Em 2014, a rede social pagou 3 bilhões de dólares para adquirir a Oculus e manter seus funcionários.

O novo dispositivo se diferenciará do sistema rival Vive feito pela HTC Corp e pelo Daydream, equipamento do Google, pertencente a Alphabet, porque não dependerá de um celular para operar.

O Facebook reduzirá permanentemente o preço do sistema Oculus Rift de 499 para 399 dólares, informou a empresa.

A rede social deverá produzir cerca de 213 mil Rifts neste ano, enquanto a HTC deve fabricar em torno de 305 mil sistemas Vive, de acordo com uma pesquisa da Super Data.

(Por David Ingram)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos