Uber perde mais um executivo com saída do diretor de política europeia

LONDRES (Reuters) - O chefe de política européia da Uber, Christopher Burghardt, está deixando a empresa para se juntar à rede de regarga de veículos elétricos Chargepoint, disseram as empresas nesta terça-feira, tornando-se o mais recente executivo a deixar o aplicativo de transporte urbano.

Burghardt, chefe de política para a Europa, Oriente Médio e África, deixa o cargo na Uber depois de um ano e se tornará diretor da Chargepoint na Europa em novembro, disse ele à Reuters.

No início deste mês, o diretor da Uber no Reino Unido também saiu da empresa do Vale do Silício, depois que o regulador de transportes de Londres não renovou a licença para o aplicativo operar na capital britânica. A Uber está recorrendo da decisão.

"Ainda acredito no que a Uber faz", disse Burghardt ao jornal Financial Times. "Dara realmente tem uma visão que levará a empresa a um futuro brilhante", disse ele se referindo ao novo presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi.

(Por Michael Holden)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos