Amazon recebe ofertas bilionárias de incentivos fiscais para nova sede nos EUA

(Reuters) - Cidades norte-americanas estão oferecendo até 7 bilhões de dólares em incentivos fiscais à Amazon.com antes do prazo que se encerra nesta quinta-feira, em uma forte disputa para receber a segunda sede da empresa.

A maior varejista online do mundo recebeu promessas de políticos que estão ansiosos pelo investimento de mais de 5 bilhões de dólares e até 50 mil empregos que virão com o novo empreendimento.

Nova Jersey propôs 7 bilhões de dólares em créditos de impostos estatais e municipais se a Amazon se instalar em Newark e aderir a compromissos de contratação, de acordo com um comunicado divulgado na última segunda-feira pelo gabinete do governador.

A cidade de Nova York fez uma proposta sem incentivos especiais para a varejista, embora se espera que o Estado vá oferecer algumas deduções, disse um porta-voz da corporação de desenvolvimento econômico da cidade na última quarta-feira.

O Estado da Califórnia está oferecendo cerca de 300 milhões de dólares em incentivos ao longo de vários anos e outros benefícios, disse o governador em uma carta de 11 de outubro ao presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, publicada pelo Orange County Register.

Dezenas de municípios e Estados manifestaram interesse na nova sede. A empresa de classificação de risco e pesquisa Moody's vê Austin como a cidade mais provável para receber a sede com base em sua força de trabalho, custos de negócios e qualidade de vida, entre outros critérios.

Austin também é sede da Whole Foods Market, que a varejista recentemente adquiriu. A Amazon disse que anunciará o local para seu segundo campus, além da sede de Seattle, em 2018.

(Por Jeffrey Dastin)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos