Bitcoin sobe atinge recorde de US$6 mil

NOVA YORK (Reuters) - A Bitcoin atingiu o recorde de mais de 6 mil dólares cada nesta sexta-feira, elevando o valor de mercado a 100 bilhões de dólares, com investidores mantendo apostas em um ativo que tem oferta limitada e abriu caminho para uma série de criptomoedas .

A primeira moeda virtual subiu 500 por cento este ano, mais do que qualquer outro ativo negociável. A Bitcoin, no entanto, é bastante volátil - registrando perdas e ganhos tão grandes quando 26 por cento e 16 por cento, respectivamente, em um dia.

Nesta sexta, a Bitcoin atingiu o recorde de 6 mil dólares na plataforma BitStamp e fechou a 5.964,24, alta de 4,7 por cento.

Analistas dizem que uma combinação de fatores causou o aumento nos preços. Charles Hayter, co-fundador do site de análise de dados Cryptocompare em Londres, disse que as esperanças de que a China atenue sua posição regulatória sobre criptomoedas ajudaram as bitcoins.

"Conforme os temores sobre a China diminuem, o preço foi destravado e guiado pela demanda, com os compradores entrando no mercado", disse Hayter.

(Por Gertrude Chavez-Dreyfuss)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos