Nokia diz ver potencial em saúde digital após baixa contábil

HELSINKI (Reuters) - A Nokia disse nesta sexta-feira que permanece confiante no potencial de seu negócio de saúde digital, no qual registrou uma baixa contábil no terceiro trimestre.

A saúde digital é uma das áreas onde a empresa finlandesa procura oportunidades de crescimento futuro em meio ao mercado difícil para o seu negócio principal de redes de telecomunicações.

No ano passado, a Nokia comprou a francesa Withings, que faz monitores de atividades e termômetros, em um primeiro movimento no mercado de saúde digital. Mas o relatório trimestral preliminar divulgado na quinta-feira mostrou que a empresa fez uma baixa contábil de 141 milhões de euros (163 milhões de dólares) do ágio do negócio pelo qual pagou 170 milhões de euros.

"A baixa foi contabilizada devido a atualização das nossas projeções para o negócio", disse o porta-voz da Nokia por email.

"Apesar da baixa, continuamos confiantes no potencial do nosso negócio de saúde digital e acreditamos que temos os recursos, a marca e a capacidade de inovação para ter sucesso".

Cerca de 90 por cento das vendas da Nokia provêm do negócio de equipamentos de telecomunicações, onde os lucros caíram 23 por cento no terceiro trimestre.

(Por Jussi Rosendahl)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos