Internet fixa cresce 0,4% no Brasil em setembro ante agosto

SÃO PAULO (Reuters) - A base de Internet fixa do Brasil cresceu 0,4 por cento em setembro ante agosto, com o acréscimo de 113.243 novos clientes, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta quarta-feira.

Nos últimos 12 meses, o avanço do segmento soma 5,92 por cento no país, com crescimento em todos os Estados e, em especial, no Rio Grande do Sul, onde o aumento foi de mais de 20 por cento no período.

Entre as principais operadoras, a líder do mercado Claro, da mexicana America Movil, liderou o crescimento em setembro ante agosto, com a adesão de 51.909 clientes, ou mais 0,6 por cento. A Vivo, por sua vez, perdeu 1.085 usuários, queda de 0,01 por cento, enquanto a TIM atraiu 6.839 usuários, com crescimento de 1,76 por cento.

A Oi, que está em recuperação judicial, também viu sua base encolher, com a perda de 12.188 clientes em setembro ante agosto, ou 0,19 por cento do total, segundo dados da Anatel.

Em comparação com o ano passado, a Claro apresentou aumento de 366.971 clientes (+4,37 por cento) na sua base de assinantes. A operadora Vivo registrou 122.366 novos clientes (+1,63 por cento) e a TIM mais 78.109 usuários (+24,63 por cento). Já a Oi perdeu 26.487 clientes, ou 0,41 por cento da sua base de clientes.

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos